21 julho 2015

N.I. INDICA: 3 Documentários sobre o Punk no Brasil



 Botinada - A Origem do Punk no Brasil (2006)
 Esse documentário conta a história do nascimento do movimento punk no Brasil, toda sua expressão de rebeldia, que teve seu auge aproximadamente entre os anos 1976 e 1984. Com quase 80 entrevistas, conta com os mais diversos nomes, de bandas como Olho Seco, Inocentes, R.D.P, Garotos Podres, Cólera e diversos outras, além de várias imagens inéditas de shows, bastidores, etc. Também trás alguns debates como o local de origem do movimento, a repressão e o preconceito sofridos, por fim mostra como estão nos dias de hoje os principais nomes da cena. O filme tem a direção de Gastão Moreira, jornalista e eterno VJ da MTV (agora com um canal no Youtube - Confira aqui). O diretor teve como base o clássico documentário Punks, entre outros.
Confira abaixo o filme na íntegra:
 
Do Undergroud ao Emo (2014)
 Esse documentário é uma espécie de continuação do Botinada, citado anteriormente, contando a história da cena independente, desde o início dos anos 90, com bandas pioneiras dessa nova etapa como o CPM22, Dance of Days e Dead Fish, passando por Blind Pigs, Street Buldogs, Garage Fuzz, Cueio Limão, Hateen, Forfun e muitas outras bandas de diversos lugares, que tinham como referências o Hardcore e Pop Punk. É debatido nele o início desse movimento, a origem do Hangar 110, seu auge até o momento que alcança o mainstream, a banalização do Emocore e o boom das "bandinhas". Daniel Ferro, que já trabalhou com diversos desses nomes, e inclusive, trabalhou com o Dead Fish no clipe da música Vitória, foi o escolhido para a direção. A produção ficou por conta do Canal Bis


Guidable - A Verdadeira História do Ratos de Porão (2008)
 Dirigido por Fernando Rick, Guidable narra a trajetória do Ratos de Porão (ou só R.D.P.) considerada uma das maiores bandas de Hardcore Punk do Brasil, desde sua origens na cena punk de São Paulo até os dias de hoje, passando pelos diversos álbuns, turnês e formações, além de todas as dificuldades enfrentadas pelas banda, como o abuso de drogas e a rejeição que sofreu por parte do movimento punk por incluir elementos de Metal em suas músicas. Rompimento esse que foi fundamental para o seguimento do Rock independente.
 O filme conta com depoimentos de bandas parceiras, ex-integrantes e é claro, como não podia faltar, entrevistas de João Gordo, eterno vocalista da banda e Jão, guitarrista e fundador.
 Além disso, estão inclusos diversas cenas de shows e bastidores, muitas delas bem raras. Pra se ter noção, são quase 6 horas de material extra.
 O documentário também se encontra disponível no Youtube, e você confere logo aqui abaixo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.
Nossa Invasão © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.